Como o site Tudo Sobre Todos consegue seus dados

Depois do site Nomes Brasil, a polêmica agora está em volta do site Tudo Sobre Todos , uma ferramenta poderosa que mostra dados da maioria dos brasileiros. Em meio a isso, há uma grande repercussão e até petições pedindo para que o Ministério Público e a Polícia Federal para que tirem o site do ar, além de programas de noticiário da TV e sites da grande mídia brasileira estar mostrando o site.

Com a grande polêmica, muitos tem se perguntado de onde vem os dados e outros têm procurado órgãos públicos para denunciar, manifestando o medo do mau uso desses dados, os quais incluem à partir do nome completo, o endereço, CPF e vizinhos. São dados sensíveis? São! Mas poderia ser bem pior, visto que existem sistemas públicos e privados que permitem uma consulta mais extensa desses dados, a diferença é que você tem que pagar caro e enfrentar uma grande burocracia para ter acesso a esses dados. Uma rápida pesquisa no Google sobre sites de consulta de CPF e aparece milhares de ferramentas oferecendo além da consulta ao órgão de proteção ao crédito, ferramentas que buscam endereço e localizam pessoas, mediante há um pagamento. Na prática, é a mesma coisa que o site Tudo Sobre Todos faz, só que de forma menos polêmica e bem mais restrita, visto que nem todos estão disposto a pagar para ver isso e ter certeza.

Fonte das informações do Tudo Sobre Todos

Mas de onde vem os dados do site Tudo Sobre Todos? O site diz que vem de cartórios, processos, do Diário Oficial, mas a verdade é que o banco de dados desses sistemas não são tão grandes a ponto de permitir um site como o Tudo Sobre Todos e nem tampouco há uma inteligência artificial (bot/ robô) que colete esses dados de forma tão tratada quanto mostra no site. Portanto, é mais provável que esses dados venham de sistemas como o Serasa Experian ou até mesmo Infoseg. Sim, o Infoseg um sistema do governo disponível para a polícia e agentes federais que armazena informações sobre todos os brasileiros. Há também a possibilidade de a fonte ser qualquer sistema restrito a pessoas jurídicas que tenha todos esses dados.

Há com o que se preocupar?

Por um lado, todavia esse tipo de sistema sempre existiu e continuará existindo. As lojas costumam usar sistemas que buscam essas informações e usam isso para avaliar crédito, conseguir endereço e telefones de devedores. Criminosos sempre tiveram e terão acesso a sistemas assim, visto que basta ter um CNPJ e se cadastrar em sites que tem esses bancos de dados. Em vista disso, você continuará vulnerável, seus dados continuarão visíveis e disponíveis para qualquer um ter acesso a eles, desde que pague em torno de R$ 20,00 e fazer com que o site saia do ar, não vai adiantar muita coisa.

Em outro ponto de vista, podemos pensar no tanto de sites que diariamente fazemos cadastro aonde colocamos esses dados para que as empresas possam usar como bem entenda. Sites como o Facebook e o Google sabem mais sobre você, do que você pode imaginar. O Google por exemplo, ele costuma gravar todos os seus passos usando o GPS do seu celular, uma foto sua enviada para uma rede social pode conter mais do que você possa imaginar, caso ela seja tirada com o GPS ligado, a sua localização fica exposta de forma oculta, mas podendo qualquer um consultar essa informação. É por isso que as vezes você tira uma foto em um ponto turístico e a ferramenta do Google Plus/ Google Photos reconhece o lugar e pede para que você marque.  Até mesmo sites do governo como o Registro.BR, um  site de registro de domínios .br pode mostrar seu nome, endereço, CPF e outras coisas, desde que você registre um domínio na internet.

Boicotar o site Tudo Sobre Todos é como querer tampar o sol com a peneira. Suas informações sempre estarão disponíveis nesses sistemas e se houver um criminoso atrás delas, vai conseguir te encontrar sem muito esforço.

Quem é o dono do site Tudo Sobre Todos?

Mesmo que o site esteja hospedado em outro país, esteja com os dados ocultos e com os servidores protegidos de ataques de hackers, o nome do possível todo do site aparece quando você compra um pacote de dados de consulta usando o PayPal, aonde consta Wellington Oliveira como dono da conta que recebe o dinheiro. Com um nome e sobrenome tão comum, dificilmente você vai conseguir saber de fato quem é o dono mesmo, mas com isso fica fácil para que a Polícia Federal chegar aos autores do sistema.

O Tudo Sobre Todos pode ser tão útil quanto perigoso

Na página do site no Facebook há o depoimento de pessoas que conseguiram usar o sistema para conseguir informações sobre parentes que perdeu contatos há muito tempo. Um dos depoimentos mostra uma mulher que conseguiu encontrar o pai que não conhecia. Em casos assim, a ferramenta se mostra bastante útil.

Entenda como a sua privacidade está disponível por todos os cantos da internet.

  • – Os celulares de hoje em dia rastreiam a sua localização e memorizam em uma página. Apesar de ser uma informação privada, não seria difícil para um criminoso conseguir acesso a uma rede social sua como o Google Plus e acessar a sua localização.
  • – Quando você tira uma foto usando o GPS ligado, as informações sobre o local aonde ela foi tirada aparece nas propriedades da foto.
  • – Através do seu perfil no Facebook é possível conseguir seu telefone fixo, desde que esteja em seu nome ou de um parente e com ele, conseguir o seu endereço e CPF usando o software da Procob que está disponível para pessoas físicas também.
  • – Pela lista telefônica – Sites como o Telelistas pode mostrar o seu endereço, desde que o telefone esteja no seu nome ou no nome de parentes.
  • – Usando o Google Maps, é possível ter acesso a foto da sua casa e usar o endereço dos seus vizinhos para descobrir quem são eles e o próprio Facebook para ver foto deles.
  • – Se alguém tem o número da sua conta bancária, pode conseguir seu nome completo e com seu nome completo o resto de todas as informações que quiser acessar.
  • – Com o número do seu celular se ele estiver vinculado ao Facebook, é possível saber quem é o dono do número ou até mesmo usando o WhatsApp e um pouco de conversa.
  • – Com o seu e-mail é possível te encontrar no Facebook e descobrir tudo que alguém precisa saber sobre você.
  • – Usando a sua foto, é possível descobrir o seu nome usando o Google.

Mediante a isso, você acha mesmo que um site que facilita encontrar seus dados pode ser um perigo para você? Pense duas vezes. A sua privacidade acaba quando você entra na internet ou quando você vai fazer uma compra, aonde passa o seu endereço para o lojista. Todas essas informações vão parar em um banco de dados aonde qualquer um que tenha acesso (o que não é difícil conseguir) poderá acessá-la. Por fim, não há como proteger os seus dados nos dias atuais.

Site tudo sobre todos, logotipo

ATENÇÃO Diariamente publicamos cupons para celulares no grupo do Facebook: Celulares Chineses e no canal do Telegram: Promochina clique e participe!

Comments

comments