O que é vitamina C e para que serve?

Está chegando o inverno e essa é a época do ano que começa a temporada de nariz entupido, dores de cabeça, fadiga e garganta inflamada, a época do ano em que resfriado e gripe competem para ver quem fará mais vítimas. Esse fenômeno é bastante comum durante esta época de inverno, uma vez que esses vírus e bactérias se beneficiam com a temperatura e se reproduzem com maiores facilidades. Apesar de não haver muitas comprovações científicas e muitos médicos que concordem com o uso da vitamina C para o combate a gripes e resfriados, a mídia farmacêutica vende essa imagem e além disso. Há também o ganhador do prêmio Nobel de Química, o cientista norte americano Linus Pauling que escreveu um livro narrando que a ingestão de uma grama diária de vitamina C, prevenia em até 45% as chances de pegar um resfriado.

A vitamina C é essencial para a formação de colágeno, que constitui uma parte importante do tecido conjuntivo. Isto significa que é importante para manter a pele saudável, ossos, cartilagens e dentes e ajuda a curar ferimentos. A vitamina C também ajuda a prevenir anemia, auxiliando a absorção do ferro. Este nutriente é também um poderoso antioxidante e pode ajudar a proteger o corpo contra os efeitos nocivos dos radicais livres que podem aumentar o risco de doenças cardíacas e câncer.

Qual a dose de vitamina C diária eu devo consumir?

Recomenda-se o consumo de doses entre 70 mg e 90 mg  para homens e mulheres adultos, embora pesquisadores do instituto Linus Pauling defendem que a dose diária seja de 200mg. Mas há estudos que comprovam que o excesso de vitamina C pode ser mais prejudicial do que beneficente a saúde. De qualquer forma, é bom seguir a dose de até 90mg diária do nutriente.

Formas naturais de obter a vitamina C

  • Acerola – 100 gramas de acerola contém 1.677,6 mg de vitamina C
  • Limão – 100 gramas da fruta sem casca contém 53 mg de vitamina C
  • Laranja – Possui 53,2 mg em uma porção de 100 gramas
  • Goji Berry – Contém 2.500 mg do nutriente em uma porção de 100 gramas
  • Goiaba – 228,3 mg em 100 g
  • Abacaxi – 47,8 mg em 100 g
  • Caju -219 mg em 100 g
  • Morango – 58,8 mg em 100 g
  • Mamão – 60,9 mg em 100 g

Frutas ricas em vitamina C

Curiosidade: O fruto Goji berry é a maior fonte de vitamina C em um alimento natural. O fruto é de origem asiática, mas pode ser encontrado de várias formas nas prateleiras brasileiras. Saiba mais sobre o fruto em: http://gojiberry.dicas.link

Curiosidade 2: Ao contrário do que a maioria pensa, alimentos como cenoura, batata doce, alface, uva, maçã não são ricos e nem tampouco possuem uma quantidade significativa de vitamina C.

A vitamina C é solúvel em água e não pode ser armazenada no corpo, por isso é essencial que os alimentos ricos em vitamina C sejam consumidos diariamente e que eles façam parte do seu cardápio. A deficiência desse nutriente pode causar a perda de apetite, cãibras musculares, pele ressecada, cabelos ressecados, sangramento nas gengivas, hematomas, sangramentos do nariz, infecções e dificuldade na cicatrização da feridas e cirurgias. Em casos graves desenvolve o escorbuto, uma doença que causa hemorragias na pele, nas gengivas, causa inchaço, cansaço e dor.

Dicas para aproveitar melhor o consumo da vitamina C

A vitamina C é facilmente destruída então tome cuidado ao preparar e cozinhar legumes e frutos afim de minimizar as perdas.

  • Ao cozinhar legumes e frutos, evite cortá-los em pedaços muito pequenos
  • Cozinhe-os pela quantidade mínima de tempo possível
  • Evite usar sal
  • Evite usar bicarbonato de sódio também
  • Faça reaproveitamento da água em que os vegetais foram cozidos
  • Se possível, congele os vegetais ricos em vitamina C, eles manterão as quantidades do nutriente em um ambiente gelado

Frutas cítricas que contém vitamina C

 

ATENÇÃO Diariamente publicamos cupons para celulares no grupo do Facebook: Celulares Chineses e no canal do Telegram: Promochina clique e participe!

Comments

comments