Transtorno Bipolar – Como lidar com o trabalho

Mulher representando o Transtorno Bipolar

Um diagnóstico de transtorno bipolar pode ter um grande efeito negativo sobre o seu trabalho e carreira profissional. Em uma pesquisa com pessoas com depressão e transtorno bipolar realizados pela Depression and Bipolar Support Alliance, 88% dos entrevistados disseram que sua condição temperamental afetou a sua carreira de trabalho.

Mas não se assuste. Um diagnóstico de transtorno bipolar não significa necessariamente que você não pode manter o seu emprego. Muitas pessoas com transtorno bipolar trabalha e leva uma vida normal.

Devo dizer ao meu chefe sobre meu Transtorno Bipolar?

Você não deve falar ao seu chefe ou comentar com colegas de trabalho sobre o seu Transtorno Bipolar. Sua saúde é o seu negócio. Mas se a sua condição tiver afetando o seu desempenho no trabalho, e você achar que pode confiar no seu chefe ou colegas de trabalho, você pode comentar sobre isso. Seu chefe e colegas de trabalho podem ter notado as mudanças em seu comportamento. Se você explicar o que está acontecendo, eles talvez possam ser mais cautelosos, porém não espere que eles compreendam isso, ainda mais se estiver se tratando de pessoas que não tem menor capacidade para entender o que se passa com você.

Leia também: Med Prev – Consultas e agendamentos

Leia também: Shiatsu – Aprenda a fazer essa massagem!

Leia também: Hixizine – Bula, preço, efeitos e contraindicações

Mude sua forma de trabalhar

Talvez o seu médico ou psicólogo já tenha comentado que o seu emprego estressante pode ter contribuído para o desenvolvimento do Transtorno Bipolar, uma alternativa a isso é você mudar a forma em que você trabalha. Uma simples rotina de acordar cedo, dormir tarde e quebrar a cabeça com o trabalho durante o dia pode ser um fator estimulante para que as suas mudanças de humor apareça com mais frequência e afete também o seu ciclo de convívio pessoal. Se você acha que seu trabalho está prejudicando a sua saúde, é hora de fazer algumas mudanças. Aqui estão algumas coisas que você pode considerar:

Decida que tipo de mudança você precisa em seu trabalho:  Você precisa reduzir suas responsabilidades? Você precisa de intervalos extras durante o dia para reduzir o stress ? Você prefere trabalhar de forma independente ou em grupo? Você precisa trabalhar menos horas ou tirar uma folga? Ou você precisa de um trabalho completamente diferente?

Cuidado ao tomar decisões: As pessoas com Transtorno Bipolar são propensas a agir impulsivamente. Pense nos efeitos de abandonar o seu emprego – tanto para você quanto para a sua sua família. Converse com a sua família, com o seu psicólogo ou terapeuta sobre suas decisões e veja se é o melhor a ser feito.

Tire férias:  Converse com o seu patrão sobre a sua doença e fale que precisa de férias para se recuperar. Use as suas férias para passear com a família, procure viajar para lugares que você tenha contato direto com a natureza; procure visitar lugares que você gosta; se for o melhor, procure ficar sozinho em um lugar que pra você é sagrado.  Tente dormir melhor, faça uma boa alimentação.

Ao retornar o trabalho: Depois de um tempo de férias, fazendo tudo o que você gosta e do jeito que você quis, é hora de voltar a antiga rotina estressante, por isso vá com calma. Peça para o seu patrão permitir que você trabalhe menos, converse sobre como seria ideal a sua forma de trabalho naquela empresa. Algumas pessoas acham que conhecer pessoas novas, ter uma vida mais social com direito a lazer, é uma grande terapia ao Transtorno Bipolar.

Discriminação com o Transtorno Bipolar no trabalho

Infelizmente a única forma de evitar que você sofra preconceito e receba piadas de mal gosto vinda de colegas do seu trabalho é evitando comentar sobre a sua condição mental para eles. Piadas como “você tá lé-lé da cuca”, “você é louco”, “lá vem o doido” são inevitáveis quando se convive com pessoas ignorantes que tenha conhecimento do que se passa com você. Felizmente podemos te dar algumas dicas de como você pode conviver com isso.

  • Explique sobre o que é bipolaridade para os seus colegas
  • Tente rir com eles, eles ficarão sem graça porque você não foi afetado com as piadas
  • Peça para que eles estudem antes de falar
  • Se as piadas estiverem te incomodando, tente conversar com o chefe sobre isso.
  • Caso as piadas não parem e o chefe também participe delas, procure seus direitos de cidadão e processe a empresa por assédio moral.
ATENÇÃO Diariamente publicamos cupons para celulares no grupo do Facebook: Celulares Chineses e no canal do Telegram: Promochina clique e participe!

Comments

comments